segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Mudanças de percurso...


Oi meus queridos,

Por dois dias estive fora do ar e ontem, por ser aniversário do meu filho, não dei notícias de como estão às coisas. Resolvi fazer uma homenagem pública para o meu amado.
Mas, meu compromisso com vocês vai além dos meus sentimentos maternos. Então, lá vai: Houve mudanças no tratamento. Não fiz a quimioterapia na sexta-feira por conta de uma raiz dentária inflamada.
Então, tive que passar por uma dentista Dra. Adriele (um doce de pessoa) ligada a USP, que me informou da necessidade de tratar a parte odontológica, sob risco de uma infecção que pode se espalhar e colocar em risco, até mesmo a minha vida. Então, é enfrentar mais essa “surpresa”.
Amanhã, o dia vai ser cheio. Exame de sangue para medir o grau da minha imunidade, conversa com a amiga e psicóloga Daniela Achette, consulta com a querida Laura Testa (oncologista) e no final da tarde, se tudo der certo, quimioterapia.
Embora seja penoso, estressante e um tanto apavorante, não tem outro jeito. Tenho que seguir as orientações médicas.
Ando um tanto irritada, cansada e meio desanimada.
A única coisa que não muda é a fé e confiança em Deus. E a vontade de continuar lutando.
No dia a dia, procuro manter a normalidade, cumprindo com meus afazeres domésticos, graças a Deus, tenho força e disposição para cuidar da minha casa, filha, blog, enfim, minhas obrigações que se tornaram incentivo de vida.
Sei que meus textos andam tristes e até pesados. Peço desculpas e compreensão. Vou fazer tudo o que puder para voltar a ser a Tania Pinheiro de sempre. Não está muito fácil, mas com a força, o carinho e apoio que vocês me passam, tenho certeza, vou conseguir!
Só peço um pouquinho de paciência, tá bem?
Vocês têm sido muito importantes nesta minha batalha. Obrigada.
E tenham certeza de uma coisa: Apesar de não estar no meu melhor momento, meu compromisso com a vida, com os que me amam, com vocês e principalmente com Deus, é cumprir dignamente minha missão. E, eu juro vou continuar tentando.
_________________________________________________

Para a Dra. Daniela Achette, por sua sensibilidade, carinho, respeito humano e o presente de tê-la como amiga!


Queria oferecer-te uma rosa.        
Não sei se vermelha, como sua capacidade de amor, se cor de rosa, como a pureza da sua amizade singela, sincera, sem frescuras.
Quem sabe uma rosa amarela, vibrante como seu profissionalismo iluminado, pelo saber ouvir-dialogar, ou champanhe, rara como sua vontade de fazer-se uma confidente das palavras jamais ditas ou sussurradas, mas transmitidas na força do olhar dentro dos olhos.
Queria oferecer-te uma rosa sem espinhos, com folhas de tons variados e caule firme, forte, como seu caráter e competência humana.
Pensando bem, acho que vou levar-te uma rosa branca. Pura como sua alma, limpa como seu sorriso, definitiva como seu abraço amigo e fiel!

Mil beijos,
Tania Pinheiro.

4 comentários:

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Querida Tânia, vejo que ainda está tudo muito complicado, mas tem de pensar que está bem entregue: a bons especialistas e a Deus que estará sempre olhando por si! E cada batalha ganha é uma lufada de esperança que renovará os seus dias! Admiro a sua coragem e sei que conseguirá resistir a tudo, mesmo que pelo caminho tenha ainda algumas provações! Bjs e muita força!

Célia disse...

Tania, mudança de percurso é para termos novo olhar, novas perspectivas, apararmos arestas, rever conceitos e aprofundarmo-nos em nova caminhada! Esse é o seu momento - de se cuidar - nada mais!
Abraço, Célia.

Ivone Poemas disse...

Amiga Tânia, sei que já posso chamá-la de amiga, portanto aqui estou de novo e agradecendo sua visita e comentario em meu blog!
Sei que está sendo difícil para você ter de passar por tudo isso, mas creia,meu cunhado passou por isso, ele teve câncer igual a que o ex-presidente Lula está tendo e se tratou, sofreu demais, já faz quatro anos e ficou curado, está curado, portanto você também vai se curar como muitas pessoas que se curaram!!!
Sei que é fácil pra mim dizer isso pois nunca passei por isso, mas na vida a gente pode sim imaginar as dores dos nossos irmãos,sendo assim imagino sim e agora nesse momento estou imaginando não mais a sua dor, mas a sua alegria de estar aqui dizendo em bem pouco tempo que estás curada e bem!!!
Imagine isso também, pois a partir dessa afirmação sua vida vai ficar bem,assim o desejo de coração!!!
Abraços amiga e continue forte, continue que as boas energias estão sendo direcionadas para ti!!!
Abraços!
Sua amiga.

Ivone

Carla Ceres disse...

Que bom que você voltou pro blog, Tânia! Senti sua falta. Fique tranquila quanto à parte odontológica. Estou no meio de um tratamento duplo de canal, bastante longo e complicadinho. Estressa, mas não dói tanto quanto dizem. Até eu, que sou medrosa, tiro de letra. Beijos!