sábado, 22 de outubro de 2011

Respirar fundo, olhar o céu e continuar. É o que está certo!


Oi meus queridos,

É incrível como gente é um bicho vulnerável.
Vocês não imaginam como me sinto tola, por ter deixado a tristeza e a depressão tomarem conta de mim.
Não tem sido fácil enfrentar o câncer, a quimioterapia, a saudade de casa, da família, dos amigos!
O pior é não estar trabalhando, produzindo, realizando meus projetos, ganhando meu dinheiro.
Deus é testemunha que tenho tentado levar tudo isso com humor e esperança, porém, como sou humana, acho que pisei na bola e deixei, sem perceber, a angústia e a apatia tomarem conta do meu coração.
Estou deprimida sim, mas, não vou me deixar abater!
Têm tanta gente me dando força, tantos amigos torcendo por mim.
Minha filha, apesar de todos os problemas de saúde que tem, não se permitiu, nem por um vão segundo, demonstrar fraqueza ou medo de continuar na luta.
No nordeste, meu filho, meus irmãos, cunhadas, sobrinhas e parceiros, amigos e companheiros de batalha, tem orado, pedido ao Pai, ligado, entrado na internet, enfim, procurado me dar confiança e solidariedade para continuar em busca da cura.
No blog, pessoas que nem conheço, todos os dias me mandam palavras de incentivo, de carinho, de fé...
Meus médicos se tornaram meus amigos e estão empenhados em me ajudar a vencer esta luta contra a doença e a tristeza.
Eu não sou fracassada. Sou campeã!
Não quero, não posso, não vou me permitir entregar os pontos!
Vou continuar lutando, respirando, olhando pro céu, pedindo a Deus que me dê forças e ilumine meus caminhos.
Não vou deixar a depressão me derrubar. Por mim, por quem me quer bem, por vocês e principalmente, porque quero, preciso, mereço e hei de conseguir a cura e a felicidade de voltar a ser quem eu era: Uma batalhadora, que acredita que servir ao próximo, dividir sonhos, somar realizações, multiplicar vitórias e esperanças e diminuir desigualdades são as únicas “operações” que fazem a vida ter sentido!
Vai dar certo. Essa tristeza vai passar e eu, logo, logo, estarei novamente rindo e tirando de letra esse momento ruim.
Vocês têm me ajudado muito, Obrigada! Deus os abençoe.      
E por favor, continuem comigo. A força de vocês alimenta a minha.

Mil beijos,
Tania Pinheiro.

4 comentários:

Célia disse...

Ler você, Tania, sua coragem e enfrentamento da vida e na vida, me dá todos os dias um "tapa na cara" quando... por um "nadinha" me sinto a mais infeliz das pessoas! Egoísticamente, abasteço-me. Saiba que não lhe dou forças, não! É bem o contrário. Você é exemplo de vida para mim. Deus te cubra com bênçãos de saúde! Abraço da Célia.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Essa força que está em si é enorme e fortalecerá ainda mais! Bjs e muita coragem!

Carla Ceres disse...

É assim que se fala, Tânia! Tenho certeza absoluta de que você vai vencer. Aliás, já está vencendo, porque tem se dedicado ao tratamento. Continue vitoriosa! Beijos!

Ana Cadengue disse...

Mulherzinha, fique tranquila. Tranquila. Tran qui la. Bjs