segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Vai que...


Oi meus queridos,

É engraçado como somos “desligados” com relação à preciosidade da vida. Fazemos as coisas quase no módulo automático, sem prestar atenção as bênçãos que o Pai nos oferece a cada instante!
Para nós, o sol, o ar, a água pura, o alimento, o vôo dos pássaros, são coisas tão NATURAIS que nem lhes prestamos ou damos verdadeiro valor!
A maioria de nós pede. Raramente agradece. Pedir saúde, segurança, paz, amor, trabalho, harmonia, felicidade... não é a nossa cara?
Reclamar o que achamos merecer e não temos, também é próprio de nós, gentis humanos! Quantas vezes não barganhamos com o Criador, nos sentindo merecedores de mais?
Porém, raramente nos lembramos de agradecer. Agradecer o sol de cada dia, a família, o ganha pão, o coração batendo forte e no compasso certo...
Raramente olhamos para o céu e dizemos do fundo da alma: Obrigada Senhor!
Mais raramente ainda, nos lembramos de compartilhar, de dar ao próximo um mínimo do muito que temos! Mas, aí, me peguei pensando: vai que Deus se aborrece com nossa arrogância, mesquinhez e idiotice e resolve, só por um dia, nos tirar o que tanto valorizamos?!?
Vai que a família nos dê as costas, o coração dê prego, o emprego vá pro brejo?
Vai que nossos investimentos sumam da noite pro dia?
Vai que o amor da nossa vida comunique que encontrou outra pessoa?
Vai que nosso melhor amigo nos traia, nossa esperança acabe, nossa alegria vire poeira?
Tá bem! Vocês devem achar que eu pirei de vez. Mas na verdade, me peguei pensando nestas coisas: Pedir, reclamar, invejar, blasfemar... Pensei no contrário também: Agradecer, louvar, dividir, perdoar, valorizar o que realmente tem valor...
Vai que Deus, que é pura PIEDADE, dê um sorriso DIVINO e nos perdoe tanta e constante pequenez?!?
Sei não... acho que precisamos urgentemente ser mais GENTE!!!
Precisamos deixar de valorizar coisas e olhar mais com o coração... Precisamos dar mais amor, ter mais compaixão e honrar mais verdadeiramente nosso MESTRE e CRIADOR!
Vai que só por isso, Ele nos faça mais felizes, mais humanos, mais dignos da Sua imensa graça?!?
Convido-os a tentar, abraçando o irmão que está a seu lado, passando para ele, sua melhor energia de vidamor!
Vai que amanhã o dia seja mais azul, o mundo bem mais alegre e nós... bem mais fonte de luz e felicidade!?!
__________________________________________________                                                                                           

Para os profissionais que trabalham dirigindo coletivos...


Que não tem sábado, domingo, feriado ou dia santo. Aos motoristas e cobradores dos ônibus, trens, metrôs, que carregam vidas, sonhos, medos, esperanças que respeitam idosos, gestantes, pessoas especiais, crianças... Aos que recebem com educação e bom humor os passageiros, cumprindo seu ofício com amor!
Desejo que Deus proteja-os guie seus olhos e braços, segure a força dos pés, abençoe os caminhos e lhes dê saúde, paciência, alegria e consciência da sua importância na vida de cada cidadão.
Obrigada a todos que me recebem, pela porta da frente, com carinho, respeito e reconhecimento do meu direito cidadão.
Obrigada mesmo, de coração!

Mil beijos,
Tania Pinheiro.

4 comentários:

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Maravilhosa a sua reflexão! Obrigada por partilhar a sua vasta sabedoria. Deus realmente está mais habituado a conceder do que a receber um bem haja, mas é preciso começar a incutir esse espírito de agradecer todas as pequenas dádivas d'Ele! Bjs e uma boa semana!

Célia disse...

Tania! Acredito que a maturidade com alegrias e sofrimentos nos fazem enxergar o "agradecer"... Apenas na iminência de perdas maiores é que, infelizmente, temos tal visão e reconhecimento. Veja o que fazemos com o planeta... somos conscientes, mas também e muito acomodados. Achamos que os bens que temos, são eternos! Grande ilusão! Um dia a casa cai...
Beijo, da Célia.

Carla Ceres disse...

Gostei, Tânia! Suas palavras não são só dá boca pra fora. Você diz que devemos ser gratos e dá o exemplo, sendo grata aos profissionais dos transportes. Você tem razão, devemos, como diz um hino religioso, contar as bênção que recebemos. Beijos!

Facundo disse...

Para quem comenta aqui algumas palavras sobre Tânia:
Tânia Pinheiro realmente escreve com autoridade de vivência de causa, e eu sou um testemunha disso! Desde tenra juventude frequento igrejas (ninguém é perfeito né?), mas quem ampliou minha dimensão do que é templo foi essa mulher. O templo de Tânia é a vida, ir irmãos são todos que cruzam seu caminho, a bíblia são as plantas, o sol da manhã, a tardinha, os gatos, a ação de Deus através das circunstâncias (boas e ruins). Nossa, ela me lembra muito o Jesus lá ó... Gosto de imaginar Jesus dando umas boas gargalhadas como a Tânia. A espiritualidade dela parece massa de Pizza, quanto mais se bate nela ela cresce! Tânia não é teóloga (ela jamais desceria tão baixo). Ela é aprendiz, eterna aprendiz, e de tão aprendiz que é se tornou sábia! Toda vez que alguém me pergunta onde fica um bom templo pra frequentar eu respondo: "Procure a casa da Tânia!"
Ela me ensinou o profundo sentido do que significa "O Reino de Deus está em nós". O Reino já está! É presente! É agora! É já! Enquanto muitos ficam olhando para o céu esperando esse "reino", Tânia só precisa olhar para uma tulipa.