quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Carências, medos, sonhos e outros “que tais”...



Um antropólogo fez uma brincadeira com as crianças de uma tribo africana. Ele colocou um cesto cheio de frutas junto a uma árvore e disse para as crianças que a primeira que chegasse na árvore ganharia todas as frutas. Dado o sinal todas as crianças sairam ao mesmo tempo ... e de mãos dadas! Então sentaram-se juntas para aproveitar da recompensa. Quando o antropólogo perguntou porque eles haviam agido desta forma sabendo que um entre eles poderia ter todos os frutos para si, eles responderam: "Ubuntu, Como um de nós pode ser feliz se todos os outros estiverem tristes?" UBUNTU na cultura Xhosa significa: "Eu sou porque nós somos"


Oi meus queridos,

Nos últimos tempos tenho falado pouco com os “meus botões”... Ando calada até para eles!
Não sei se por medo, ou melhor dizendo, receio do quem vem pela frente, já que ainda não sei o resultado da última biópsia, tenho estado meio apagadinha.
Embora saiba que tudo será como está pré-determinado, afinal, o destino a Deus pertence, sinto-me meio insegura, já que ainda não consegui trabalho, não ajudei minha filha a voltar a estudar, não defini como vai ser para continuarmos nos sustentando em Sampa, enfim... Acho que tenho motivos de sobra para estar fragilizada!
Tenho sentido saudade dos meus queridos, do meu filho, dos meus irmãos, da Pati, de amigos sinceros que não vejo desde muito... Tenho sobrecarregado minha princesa com minhas carências. A Tatá é para mim, um misto de urso de estimação, saco de pancada, lenço descartável (choro muito no ombro dela!), sorvete de creme com calda de caramelo...
Minha pequeninha segura uma onda pesada, e apesar de tão frágil fisicamente, consegue me fortalecer com seu sorriso, suas palavras de esperança, sua capacidade de criar sonhos para realizarmos juntas! Sem ela, certamente não teria chegado até aqui. Por ela, rogo a Deus que me permita ir mais longe.
Hoje, quase véspera do dia da Padroeira e também das crianças do Brasil, volto os meus olhos e coração aos céus, para pedir por essa nossa terra tão espoliada, tão vilipendiada, tão mal cuidada pelos governantes, tão pouco protegida por nós povo em geral!
Peço pelas crianças, por todas: as quem têm e as que não têm casa e amor, as saudáveis e as doentes, as felizes e as abandonadas, as que ganharão presentes e as que buscarão migalhas de comida, de respeito, de afeto e atenção!
Tomara que o Pai e a Virgem Aparecida ouçam minhas orações e realizem meus sonhos...
Tenho certeza que me sentirei mais leve, mais saudável, mais feliz e menos carente. Tenho certeza que minha fé ficará mais forte, e com ela, meu desejo de lutar por minha saúde, minha filha, meus sonhos, enfim, por um melhor amanhã.
Por favor, juntem-se a mim, nesta prece silenciosa. Quem sabe juntos não consigamos atingir mais rapidamente o nosso objetivo. Conto com vocês!
Até amanhã.

* * * 

Para Deth Haak, a Poetisa dos Ventos,


Por sua coragem em lutar pela cultura, a beleza, a infância e a poesia.
Não desista, “Ventania”, continue seu trabalho forte, honesto, silencioso e puro. As crianças precisam e merecem. Salve sua força, Poeta!

Mil beijos,
Tania Pinheiro.

5 comentários:

Carla Ceres disse...

Pode ter certeza de que vou rezar por vocês duas, Tania. Já obtive muitas graças de Nossa Senhora Aparecida. Ela é mãe e jamais nos desampara. Confie! Beijos!

Célia Rangel disse...

Em orações sempre com você e família, Tania! Fique bem e cuide-se, por favor do corpo e da alma! Juntas sempre!
Bj. Célia.

camila disse...

Nenhuma palavra ira descrever como é bom ter amigos como vc!!!
obrigado!!
camila

POTYVERSANDO disse...

Bênçãos Meninas! A Propósito de se doar, deveria ser uma máxima não é mesmo? Quando nos doamos com pureza d' ALMA- A nós fazemos um bem enorme.
Tãnia Pinheiro, ontem lebrei muito de você, ESTAVA NA cARAVANA AMBIENTAL DA PETROBRÁS... E cá com meus botões pensei Tânia Pinheiro poderia desenvolver vários projetos e ajudar a tantas pessoas. Grata pela citação a " Poetisa dos Ventos" Beijos Guerreira,

POTYVERSANDO disse...

... Essa é para amanhã!


“Quando as pessoas se preocupam com a sorte dos outros, se mobilizam por causas de interesse social coletivo, são estabelecidos laços de solidariedade e confiança mútua, que tornam a sociedade mais unida, cada ser humano tornar-se melhor.”

Em mais um ato de solidariedade e responsabilidade social, o Conselho comunitário de Ponta Negra, o SOS PONTA NEGRA e a ASPOAN, Movimento a Via Costeira é Nossa realizam neste domingo dia 21, o mutirão solidário para reconstrução da escadaria que dá acesso a praia, ao lado do Morro do Careca. O único acesso dos moradores, visitantes e trabalhadores da Vila de Ponta Negra a praia, hoje interditado. O mutirão nesse primeiro momento fará a remoção dos escombros e lixo. Será servido o almoço coletivo para os participantes em baixo da lendária Castanheira guardiã do Morro do Careca, seguido de roda de Capoeira, Egbé Angola , esta ação é o primeiro pilar para implantação do Turismo de base comunitária na Vila de Ponta Negra.
No segundo momento se reconstruirá a escadaria a muitas mãos, seguido de ações culturais e intervenção urbana , e para isso estamos recolhendo doações para material e mão de obra e envolvendo toda comunidade. “A preservação do meio ambiente é um ato de cidadania e dever de todos.”

Quando: domingo
Dia 21 de outubro
Hora: 8 da manhã.
Quer fazer parte dessa ação comunitária, pergunte como você pode colaborar;
Deth Haak
Tel: 8722-2408

Histórico do acesso:
http://tribunadonorte.com.br/noticia/mare-alta-destroi-escadaria-de-acesso-a-orla-de-ponta-negra/213929
http://www.sospontanegra.org/2012/03/em-ponta-negra-acesso-praia-e.html