terça-feira, 9 de outubro de 2012

Falando de Generosidade...



Oi meus queridos,

Cá estou eu, cheia de coisas para compartilhar e podendo fazê-lo, graças a uma qualidade quase instinta nos seres humanos: a generosidade!
Como contei semana passada, meu notebook teve um “piripaque” e saiu de cena. Ainda não consegui conserta-lo e, sabe Deus quando vou fazê-lo, já que, até agora, os responsáveis pelo “prego” não deram “o ar de sua graça”.
Conversando com uma amiga, Luciana, filha da Ely e irmã da Camila (já escrevi para as duas aqui no blog), que estava sem notebook e, portanto sem postar, fui surpreendida por um gesto de generosidade simplesmente impressionante: ela trouxe o dela, novo, caro, lindo e... me emprestou! Para que eu continuasse postando, dividindo com vocês meus risos, lágrimas, expectativas e medos...
Assim, do nada, sem saber meu endereço, Luciana me entregou um objeto pessoal de onde ela se comunica com o mundo. A lição de desapego, grandiosidade, humanismo e GENEROSIDADE, me espantou e encheu meu coração de alegria, fé no outro e gratidão. Embora seja apenas um objeto, o valor embutido no gesto de confiança e parceria é digno de louvor, respeito e eterna gratidão e carinho! Não pelo valor do objeto, mas pela grandiosidade do gesto! Obrigada amiga, obrigada de coração.
Outra pessoa que me deu exemplo de generosidade foi a enfermeira Elaine, que trabalha no 20º andar do ICESP. Nos conhecemos tem três dias, depois que ela, com todo carinho e respeito, preparou e encaminhou o corpo de uma paciente que acabara de falecer. Percebendo que nós, que estávamos visitando a Ely (no leito ao lado) estávamos chocadas, veio conversar conosco. Doce, meiga, muito calma, nos disse que após cumprir com seu dever profissional, encaminhando para o local adequado a pessoa recém falecida, ela se isolava, fazia uma prece pedindo que Deus recebesse a alma daquela criatura, acolhendo-a em seu reino, confortasse e fortalecesse a família e fizesse com que todos, inclusive ela, Elaine, entendessem e aceitassem a passagem do ente querido, dando graças a Ele, pelo tempo de convivência e amor passado juntos.
Elaine, apesar de estar na profissão, creio, faz algum tempo, não perdeu a sensibilidade, o calor humano, a capacidade de emoção, respeito e carinho pelo outro e, principalmente a generosidade!
Obrigada querida e, por favor não mude: continue GENTE, dando além da sua capacidade profissional, amor e acolhimento aos que sofrem e tanto precisam.
Por fim, recebi no blog, dia 5 de outubro, um depoimento pleno de luz e generosidade! Quem enviou foi a Patrícia, e queria muito pedir que vocês fossem lá em DEPOIMENTOS e lessem o que ela postou. Além de compartilhar a experiência que está vivendo, ela nos dá uma lição de fé, amor, alegria, gratidão, esperança e generosidade! Tudo junto e misturado!
Compartilhadas tantas lindas ocorrências, quero agradecer a todos vocês, que generosamente me acompanham, dão força, carinho, respeito e amor. De graça, pela graça de dar, dividir, acolher, enfim, ser gente! OBRIGADA, MUITO OBRIGADA!


* * *

Para Erison Suzuki Nakajima (Sony),


Parceiro na criação do blog, companheiro na torcida por dias melhores e acima de tudo um craque no que faz, todo meu carinho e uma cobrança: quando você vem tomar café comigo? (risos) Estamos com saudades, Tainá e eu.

Mil beijos,
Tania Pinheiro.

4 comentários:

Célia Rangel disse...

Generosidade arrasta delicadeza, doação, presença, afetividade, ternura... e tantas outras ações! Sabe Tania, quando conseguimos atingir e sermos atingidas pelas mesmas, significa que ainda o nosso "humano" está fortalecido no "humano" do outro! Lindos gestos que dignificam o nosso existir!
Bj. Célia.

Anônimo disse...

Querida amiga,

Quero que vc saiba que muito mais do que trabalhar é o aprender a cada dia, aprender o quanto amo essa profissão e o quanto aprendo com vcs, paciente amados, e vc é uma luz pura... uma enviada do Senhor para iluminar a vida de todos e sempre vopu entrar aqui pra acompanhar sua trajetória... PARABÉNS PELA LIÇÃO DE VIDA... e obrigada por deixar eu fazer parte da sua vida!
Beijos,
Elaine

Carla Ceres disse...

Então hoje vou mandar um beijo especial pra Luciana e outro pra Elaine. E pra você, como sempre, Tania, muito carinho e força. Beijosss!!!

Lucas disse...

Minha filha, aumente mais sua generosidade, porque um nootbook é muito mais do que um simples objeto. É um aparelho respiratório, um órgão externo, uma prótese, qualquer coisa assim. Pelo menos eu encaro dessa forma, já que é com o meu noot que eu posso escutar minhas músicas e ler meus blogs. Eu me sinto muito mal quando meu computador estraga e eu fico sem minha músicas e sem meus amigos da internet. Porque se tudo isso estivesse ao meu alcance sem um aparelho eletrônico, tudo bem. Mas como não está...

Eu também estou meio sumido, mas fico feliz que você esteja bem.