quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Curtindo saudade sem dor


Oi meus queridos,

Estou ouvindo Gonzaguinha. São 22:30h, chove e faz frio lá fora.
Aqui, no meu pequeno refúgio, que enchi de vasos de flores, borboletas feitas por Ricardo, meu irmão artista, sentindo no ar um cheirinho gostoso de um creme de aipo que acabei de fazer, curto a saudade sem dor.
Saudade do meu filho, dos meus irmãos e companheiras, saudade do calor do nordeste, dos papos sem compromisso com alguns amigos, do meu trabalho que tanto me dava alegria... De coisas simples que ficaram para trás e não voltarão.
Saudade dos meus gatos que fui obrigada a abandonar (essa dói, dói muito), saudade dos meus livros, de mim quando ainda não tinha tanto medo e tanta saudade!
Porém, meu coração está calmo. A fé, que nem eu sabia ser tão forte, tem me ajudado a viver cada dia. Um de cada vez, um após o outro.
Amanhã é dia de quimioterapia. É também dia de conversar com uma nova psicóloga, de ir ao dentista... de tentar conseguir atendimento médico para a Tainá.
Amanhã preciso estar forte e confiante. Preciso continuar acreditando que vai dar certo.
Preciso acordar com um sorriso no rosto, agradecendo a Deus por mais um dia.
E por acreditar que terei forças para levar em frente à luta que Deus me incumbiu de viver, curto a saudade com um misto de ternura e gratidão. Feliz quem tem o que lembrar. Feliz quem viveu a ponto de sentir saudade!
É! O Moleque tem razão: “começaria tudo outra vez, se possível fosse”!
__________________________________________________

Para o pessoal do Doutores da Alegria


Distribuir amor é bom.
Fazer sorrir quem tem dor é dom,
Fazer rir é dádiva.
Entender o outro, suas limitações e angústias
É prova de dignidade e
Respeitar e acolher é humanidade.
Dedicar tempo, carinho, ternura e compaixão
Por sentir-se bem com isso, é graça divina.
De graça, é aproximar-se do Pai
E de sua misericordiosa DIVINDADE!
Deus os abençoe,
Onde estiverem,
Hoje, e sempre,
Para todo o sempre!
Amém!
Mil beijos,
Tania Pinheiro.

3 comentários:

Célia disse...

Bom dia! Dia! Leve a alegria, a paz, a saúde, um lindo sol para a minha amiguinha! Mais Gonzaguinha pra você:
...
Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Beijo da Célia.

Carla Ceres disse...

Tudo vai dar certo, Tânia, e logo você vai poder voltar pro seu solzinho gostoso, pros seus gatos e tudo mais. Beijos!

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Estou sempre a torcer por si! Bjs