sábado, 3 de setembro de 2011

BÚÚÚ... DE NOVO?!?!



Oi meus queridos,

Desculpem a ausência de ontem, (eu tava mauzona!), porém, acho que a Tatá deu show no seu depoimento, não foi?
Pois é, hoje, fomos à consulta com a Dr. Laura Testa, a oncologista que vai cuidar de mim nesta fase do tratamento.
As notícias não são muito agradáveis, mas, como prometi transparência e sinceridade, lá vai: Apareceram novos nódulos na axila que já operei para tirar os linfonodos sentinelas. Tem um bem grande, coisa pouco comum para acontecer em 2 meses de pós operatório.
Vou fazer nova biopsia, semana que vem para saber se é um novo câncer. Se for, é o operar, de novo!
A tomografia da bacia detectou uma anomalia no ovário. Então, farei uma transvaginal para descobrir se é tumor ou problema hormonal.
Dependendo do resultado, vamos retirar “os miúdos”! Ainda bem que não pretendo ter mais filhos!!!
A quimioterapia começa dia 9, sexta-feira no ICESP.
Então, preparem-se: na quinta fico CARECA. Vou postar no Blog este momento de “pura rebeldia”.
Minha fadinha está muito abatida. É a imagem viva da dor e da insegurança.
Me dói demais vê-la carregando sozinha este fardo. Não é fácil para uma filha, ainda mais “ligada” a mãe, como é a Tainá, ouvir da boca de uma médica: temos problemas!
Ela tem sido mais forte e guerreira do que eu, porém, tenho medo que não suporte tanta pressão por tanto tempo!
Para uma garota de 23 anos que vive 24 horas, 30 dias ao mês, 365 do ano, em função de sua mãe, (e olha que às vezes eu sou HORRÍVEL) é muito, muito penoso! Temo inclusive pela saúde dela, que não é a melhor do mundo. Ela é autoimune, e as defesas dependem do emocional principalmente. Então, vocês imaginam a dureza, né?
Além disso, os contratos com os patrocinadores do blog emperraram, o que nos deixa na insegurança de ficar em Sampa e manter o tratamento...
Mas, como sou uma pessoa tinhosa e de fé inabalável, não vou me desesperar, nem blasfemar, nem perder o juízo ou a coragem.
Ninguém disse que seria fácil. Nem impossível.
“Tudo posso Naquele que me fortalece...” Creio piamente nisso!
Se estou bem? Não. Estou assustada, deprimida, preocupada com o efeito que a noticia causará nos que amo e que sei, me amam também...
Mas vou combater o bom combate, com as armas que a ciência, o amor e a fé me oferecerem.
“Eu não nasci pra perder. Nem vou sobrar de vítima das circunstancias...” Dizia Lulu Santos.
Mais do que nunca, estou precisando de amigos, de força, orações e esperança.
Conto com vocês!
Até amanhã.
Um beijo,
Tania Pinheiro.

3 comentários:

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Se precisa de nós então aqui estaremos com a Tânia nas nossas orações! Precisa muita força e coragem! A ansiedade e a depressão só agravam a situação, pois é como dar um ponto ao "bicho mau", mas a Tânia é corajosa e vai enfrentar tudo com um sorriso como o que revela na apresentação do seu blog! Bjs e força!

Célia disse...

Tania... nossa corrente de orações, de preces, de energia positiva estarão circundando você e esse seu momento... Tudo passa... Garra e Fé... você já deu provas absolutas de que as tem. E, sua parceira, sua filha congrega com você: medos, claro, mas também a certeza de que juntas e no amor passarão por tudo. Com você(s), Célia Rangel.

TOINHA disse...

tania... que deus ilumine cada vez mais pois vc e uma pessoa maravilhosa, que aprendi a gostar de vc de verdade.ainda estou esperando vc voltar a conviver com agente aqui em carnaubais, continui assim que vc vai vencer que deus estar sempre com pessoas compo vc. abraço saudadesssssssss.........toinha