segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Encontros e reencontros...


Oi meus queridos,

Hoje reencontrei uma parceira de “luta”, lá na filantropia do Sírio Libanês. Estou falando da Francisca. Mulher forte, de fibra, meio doida (como eu), que está enfrentando a quimioterapia com determinação indizível!
Quando cheguei para o tratamento, ela já havia retirado o “caroço” e alardeava a beleza do trabalho feito pelo “mago” Dr. Marcio Paulino.
Francisca é a personificação da esperança e do bom humor.
A quimio mexeu um pouco com a minha parceirinha. Quando encontrei-a no ICESP depois de uma sessão, ela estava bem abatida. Dei uma bronca e exigi seu sorriso largo de volta.
Hoje, brincamos como da primeira vez. Graças a Deus, a esperança e a alegria da guerreira “Chica” estão de volta!
É isso aí amiga, não vamos dar vez para a tristeza. Nós somos muito mais fortes que qualquer doençinha chinfrim.
Hoje, também conheci a Márcia, outra guerreira lá de Barretos, que apesar de ter passado por uma série de erros e enganos (ela luta contra o câncer desde 2005), não perde a certeza de que tudo vai dar certo no final.
A Márcia é com certeza o melhor exemplo de coragem e capacidade de perdão que conheci ultimamente.
Ela vive só em Barretos e vem ao Sírio quando necessário para as aplicações de quimioterapia “vestida para matar”. Hoje, de turbante, óculos escuros e blusa vaporosa, lembrava uma artista de cinema.
Indiquei a ela meu “mágico plástico” favorito, Dr. Marcio Paulino para fazer a reconstrução de sua mama. Se ficar bonita como a minha da até pra sair na revista!
É isso aí amigas. Não podemos nem temos o direito de nos lamentar, ficar pra baixo ou reclamar da sorte. Mais do que sobreviventes, somos VIDA, estamos VIVAS, temos pessoas que nos amam e precisam de nós, e temos MUITA LENHA PRA QUEIMAR!
Três histórias, três mulheres com mais de 50 anos, três vitórias inquestionáveis. Sim, porque somos vitoriosas. E lindas, fortes e felizes filhas do mais Bondoso, Misericordioso e Sublime Pai, que nos fez Sua imagem viva.
Não vamos entregar os pontos, não vamos deixar que o tempo passe sem que o mundo saiba “ao que viemos”!
Viva a nós, viva a tudo, viva o Chico barrigudo!!!
Até amanhã.
Um beijo,
Tania Pinheiro.

3 comentários:

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Não há nada que chegue a essas amizades que se vão fazendo ao longo do percurso, percebemos que não se está só nesta luta! Gostei do texto! Bjs

Célia disse...

Tania... você dá e recebe... lei da vida! E essa é você! Que mesmo em sua dificuldade, passa energia positiva aos seus! Amizade é a estrutura de nossas vidas! Assim cumplice, desinteressada, parceira mesmo! Seu caminho é de uma pessoa iluminda que projeta raios de luz a muitos! Beijo da Célia.

TOINHA disse...

DOCARMO,
OS ANJOS ESTARÃO AO TEU REDOR,LHE DANDO FORÇA PARA CAMINHAR O DEUS DE HOJE É O DE AMANHÃ E O DE SEMPRE É O DEUS QUE FAZ MILAGRE É O DEUS DE CURA ACREDITE QUE ELE VAI DÁ A SUA VITÓRIA, POIS É UM PAI SUBLIME MISERICORDIOSO.